Ressignificar, reposicionar, recriar, reinventar, repensar.



Qual será o pensamento sobre a comunicação com o “novo normal” que surge, em tempos de pandemia? A comunicação empresarial, seja com a geração e divulgação de conteúdo, seja com estratégia publicitária ou planos de marketing, precisa encontrar novas soluções para alcançar seus públicos.


Soluções que passam pelo novo normal. O novo normal passa a ditar quais mídias, ou plataformas de mídia serão mais acessadas, qual tipo de informação é mais interessante, qual o timing ideal para se relacionar com seus targets. Enfim, o novo normal nos trouxe um novo cliente. Mesmo os clientes que já conhecemos e nos relacionamos, passam agora a ser também parte de uma nova prospecção. Seu comportamento mudou e parece que para sempre.


O que fazer então para conseguir trocar o pneu do carro, com ele em movimento? É tempo de repensar o seu negócio. Repensar o produto (ou serviço), em seu universo, no que é importante para a sustentabilidade do negócio.


Mais que nunca, as empresas precisarão contar com a inovação e criatividade de profissionais de comunicação que possuam a velocidade necessária para recolocar seu negócio nos trilhos. Que cuidem da sua comunicação de forma integrada, considerando todos seus stakeholders. O público interno tem que receber informações que gerem unidade de comunicação, os fornecedores tem que entender qual o direcionamento a empresa está tomando, os clientes tem que se encantar com o que perceberem.

Assim, o novo normal será um universo amplo para geração de novos negócios.

Repense!


Por Joaquim Milhomem, administrador em marketing e diretor da Oficina de Comunicação.

52 visualizações

Siga a gente:

Todos os direitos reservados.