Todo dia é dia de relacionamento



Uma organização nasce para resolver um problema. Ou, pensando pela perspectiva do copo meio cheio: uma organização nasce para trazer soluções. Ao longo de 18 anos, com muitos personagens, atos e desfechos, a Oficina de Comunicação cumpre esse propósito diariamente.

A bagagem de estratégias, cases e portfólios é grande e graças a ela podemos trabalhar comunicação como uma construção. Trabalhar comunicação sob essa perspectiva é uma tarefa que exige muito esforço de quem quer que esteja envolvido. E relacionamentos são os elos, fortes ou fracos, que determinam o sucesso nessa seara.

Desde a minha infância eu acredito que “a gente nasce para o que é”. Sou uma RP que não se vê em nenhum outro posto que não o de apoiar, orientar e assessorar as áreas de uma empresa, no sentido de encontrar a forma mais adequada de conduzir suas relações com seus públicos de interesse. Acho totalmente possível traçar um paralelo entre a história profissional e a história pessoal das pessoas.

A não ser que você ignore todos os seus gostos e tenha muitos desencontros na vida, é provável que você faça profissionalmente aquilo que suas habilidades pessoais te guiem a fazer. Assim é comigo e assim também, comparando a uma pessoa, é com a Oficina de Comunicação.


Com um amplo escopo para a imaginação, posso cogitar variados motivos para a Oficina de Comunicação existir. Com uma assertiva certeza, posso garantir que ela nasceu (e vive) para ser comunicação em seu mais amplo significado e em todas as atuações possíveis.

Com todos os clientes, a Oficina de Comunicação faz a mesma escolha. Essa escolha significa se posicionar de modo que propicie relacionamentos baseados em confiança, que geram resultados concretos para os negócios de seus clientes.

Por exigência mercadológica, segundo Dominique Wolton, comunicar é cada vez menos transmitir, raramente compartilhar, sendo cada vez mais, negociar e, finalmente conviver. Não é possível conceber a comunicação sem a convivência. E é por isso que todo dia é dia de relacionamento na Oficina de Comunicação.

Além de oferecer soluções, o nosso jeitinho, moldado ao longo dos anos, inclui antecipar as expectativas dos clientes e ir além delas. A cada dia o desafio é melhorar nossa qualificação em compreender as necessidades de quem nos procura.

Sempre buscamos referenciar nossas ações, analisar cenários, basear as estratégias em dados de mercado, demonstrando em cada passo a razão de ser do nosso trabalho. Em todos os projetos na Oficina de Comunicação, buscamos contemplar os objetivos traçados entregando mais que o esperado, assumindo as responsabilidades que nos cabe e executando o nosso trabalho onde estivermos, com toda nossa energia.

E para você, todo dia é dia de quê?


Por Sílvia Maria Mendes, relações-públicas, assessora de Comunicação na Oficina de Comunicação

49 visualizações

Siga a gente:

Todos os direitos reservados.